Quinta-feira, 28 de Dezembro de 2006
Sequenciação de ADN de Neandertais não evidencia cruzamento com Homo Sapiens
" Mantém-se em aberto a questão se Neandertais e Homem moderno alguma vez se miscigenaram, dando origem a um ser híbrido que possa ter feito a ponte entre o Homo Neanderthalensis e o Homo Sapiens. A ciência avança e duas equipas de cientistas apresentam agora, nas revistas científicas Nature e Science, o resultado de dois estudos de sequenciação do genoma de uma espécie de Neandertal fossilizado, encontrado na gruta de Vindija na Croácia em 1980, e que terá vivido há 38 mil anos.

No estudo publicado na actual edição, de 16 de Novembro, da Nature, uma equipa de cientistas do Max Planck Institute for Evolutionary Anthropology, na Alemanha, liderada por Svante Paabo sequenciou mais de um milhão de pares de base de ADN extraídos da ossada do fóssil, através de uma técnica de sequenciação directa.

«A sequenciação directa do extracto de ADN deste fóssil permitiu até agora fazer a sequência de 1 milhão de pares de base no núcleo de ADN do hominídeo», escrevem os cientistas na revista Nature e adiantam que, «comparações entre os genomas de chimpanzés e humanos revelam que as sequências de ADN do Homem Moderno e dos Neandertais divergem em média 500 mil anos».

A análise dos cientistas alemães revela que terá existido um ancestral comum de Neandertais e Homem Moderno e posiciona a sua existência há 516 mil anos. Uma data que se afasta dos 706 mil anos previsto pela equipa de cientistas do Lawrence Berkeley National Laboratory (LBNL), EUA, liderada por Eddy Rubin, anunciada na revista Science. No entanto, porque a margem de erro apresentada pelos investigadores é muito grande, as datas são compatíveis.

A equipa de cientistas norte-americanos sequenciou ADN extraído do mesmo fóssil Neandertal, no entanto, utilizaram uma técnica diferente com base numa biblioteca metagenómica. «Neste estudo, nós demonstramos que as sequências genómicas dos Neandertais podem ser recuperadas utilizando uma biblioteca metagenómica e que essas sequências específicas dos Neandertais podem ser obtidas a partir destas bibliotecas», escrevem os cientistas no artigo publicado na actual edição, 17 de Novembro, da Science.

Na análise desenvolvida pela equipa de Eddy Rubin, os cientistas sequenciaram 65 mil 250 pares de base do ADN e indicam na Science que, «a nossa análise sugere que em média a sequência genómica do Neandertal que obtivemos e a referência da sequencia do genoma humano partilham um ancestral mais recente de há aproximadamente 706 mil anos e que as populações ancestrais dos humanos e dos Neandertais se dividiram há 370 mil anos, antes da emergência dos homens anatomicamente modernos».

Para além disso, «o nosso resultado de que o genoma do Neandertal e do Humano são pelo menos 99,5% idênticos, levou-nos a desenvolver e a implementar com sucesso um método alvo para recuperar sequências de ADN específicas antigas a partir de bibliotecas metagenómicas», escrevem os cientistas na Science e adiantam que, «as análises iniciais do genoma dos Neandertais é um avanço no nosso conhecimento sobre a relação evolucionista dos Homo Sapiens e Homo Neanderthalensis e significa o nascer da luz para a genómica dos Neandertais».

As duas técnicas utilizadas para a sequenciação do ADN dos Neandertais são completamente diferentes, sendo que no caso, da análise dos cientistas do Max Planck Institute podem existir algumas reservas. O estudo desenvolvido na Alemanha assenta na análise do ADN mitocondrial (mtDNA), ou seja, o material genético que se encontra fora do núcleo da célula.

Este material oferece algumas reservas, por um lado, porque permite apenas obter informação biológica limitada, sendo que o cerne da mesma se encontra no núcleo da célula e, por outro lado, porque pode ser facilmente contaminado por outros microrganismos ou até pelos humanos, principalmente quando o material de estudo são fósseis que com o tempo se degradam através de processos químicos.

O método de análise e sequenciação do ADN utilizada por Eddy Rubin está considerado como mais eficiente, já que este imortalizou o ADN do Neandertal com o recurso a micróbios para propagarem fragmentos antigos de ADN e ao colocar a informação em bibliotecas metagenómicas.

«Porque a sequenciação directa é arbitrária não se pode depois procurar sequências específicas de genes que podem ser diferentes entre humanos e Neandertais», refere James Noonan, investigador do LBNL, citado em comunicado da instituição e adianta que, «com a sequenciação directa, após o ADN ter sido sequenciado desaparece e depois tem de se recolher mais da espécie. Em principio, aplicando o avanço de especificação da biblioteca nós somos capazes de ultrapassar este e outros problemas. Quando o ADN dos Neandertais estiver clonizado utilizando o nosso método, passamos a tê-lo para sempre e podemos recuperar sequências específicas a partir da biblioteca sempre que for necessário».

Os cientistas norte-americanos indicam que vão agora focar a atenção da sua investigação nos 0,5% de diferenciação dos genomas dos Neandertais e do Homem Moderno, já que a sua investigação evidenciou uma semelhança genómica entre as duas espécies de 95,5%."


                                        in_tvciencia
Pra identificar:
gatafunhado por gringa às 11:14
vê onde tá | diz qualquer coisa | favorito
1 comentário:
De Marcus Vinicius a 27 de Abril de 2007 às 16:55
Mesmo que o tempo separe as duas espécies, eles eram os seres terrestres e mamíferos mais parecidos com o homem moderno.
Com os avanços nas diversas áreas da ciencia biolégica, hoje já se especula a idéia de transplantes de órgãos de porcos para humanos e como a clonagem é também um assunto de grande interesse científico, porque não clonar neandertais com a finalidade de produção de orgãos para humanos???
Isso seria de grande importancia para a humanidade.
Alguns pontos são relevantes, principalmente o fato de não sabermos o real motivo de sua extinção mas de qualquer forma, no passado, nossa raça sobreviveu e pode sobreviver pois evoluímos muito.
Isso poria em prática a clonagem e o transplante de orgãos sem que fetos humanos fossem sacrificados.
Além de podermos atingir essa meta também iriamos avaliar a capacidade intelectual dos "primos" neandertais e avaliar sua convivencia com os humanos modernos em meio a uma sociedade como a atual.E quem sabe os híbridos de neandertais com humanos atuais originassem uma raça superior dotada de maior capacidade cerebral e conseqüentemente maior inteligencia??
Gostaria de viver para presenciar esse avanço da ciencia>

argumenta o meu post

Mexe-te - O Eu

Mexe-te - quem sou?

Mexe-te - seguir perfil

Mexe-te - prokura por aki
 
Mexe-te - Agosto 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31
Mexe-te - antiguidades

Mexe-te - Agosto 2007

Mexe-te - Janeiro 2007

Mexe-te - Dezembro 2006

Mexe-te - Outubro 2006

Mexe-te - Setembro 2006

Mexe-te - Agosto 2006

Mexe-te - Pra identificar

Mexe-te - "Tecnológiquices"

Mexe-te - A Ciência e a Vida

Mexe-te - a ciência e a vida

Mexe-te - actualidade

Mexe-te - Educação

Mexe-te - todas as tags

Mexe-te - Ligações
Mexe-te - os mais recentes

Mexe-te - Ilusão simula experiência...

Mexe-te - Terá uma seca a nível mun...

Mexe-te - Duas espécies tornam-se u...

Mexe-te - Alterações climáticas est...

Mexe-te - Golos geram golos!

Mexe-te - Florescimentos de plâncto...

Mexe-te - Tumores cerebrais atacam ...

Mexe-te - Dieta rica em leite pode ...

Mexe-te - Relatório chama a atenção...

Mexe-te - Serão as experiências de ...

Mexe-te - Um comprimido para combat...

Mexe-te - Terá a Terra semeado Vida...

Mexe-te - Ter-se-ão os Homens moder...

Mexe-te - Terá sido inevitável o su...

Mexe-te - Algodão sem toxinas pode ...

Mexe-te - Químico dá novo alento ao...

Mexe-te - Pequenos animais levitado...

Mexe-te - Aumento do oxigénio antec...

Mexe-te - Descoberta brilhante na p...

Mexe-te - Mutação pode eliminar dor

Mexe-te - Nascimentos virgens de dr...

Mexe-te - O mamífero que cheira deb...

Mexe-te - Sensores inerciais inteli...

Mexe-te - Teletransporte de informa...

Mexe-te - Programa de computador po...

Mexe-te - Telemóveis e portáteis co...

Mexe-te - OCDE: Profunda reforma no...

Mexe-te - NASA leva público a viaja...

Mexe-te - Identificado novo gene qu...

Mexe-te - Proteína hereditária que ...

Mexe-te - Mulheres precisam duas ve...

Mexe-te - Chuva em excesso pode des...

Mexe-te - Telemóveis podem ter impa...

Mexe-te - Possibilidade de existênc...

Mexe-te - Genes não codificados pod...

Mexe-te - Terapia Hormonal pós-meno...

Mexe-te - Vírus geneticamente modif...

Mexe-te - Transplante de células re...

Mexe-te - Homem moderno transporta ...

Mexe-te - Substância descoberta na ...

Mexe-te - Feixes de radiação por an...

Mexe-te - Sequenciação de ADN de Ne...

Mexe-te - Variações no genoma human...

Mexe-te - Identificada possível ori...

Mexe-te - Cancro é a segunda causa ...

Mexe-te - Neandertais e Homem Moder...

Mexe-te - Abandonar consumo de taba...

Mexe-te - Odor pode funcionar como ...

Mexe-te - Sistema nervoso de caracó...

Mexe-te - União Europeia financia v...

Mexe-te - subscrever feeds