Quinta-feira, 28 de Dezembro de 2006
Proteína hereditária que controla serotonina pode evitar depressão
"
Previsões da Organização Mundial de Saúde (OMS) indicam que a depressão será a doença mais comum em 2020, mas actualmente, nos países ocidentais é já uma das doenças com maior incidência na população. Apesar dos avanços da ciência, as causas que estão na origem destas desordens psiquiátricas continuam um mistério, principalmente, porque certos indivíduos apresentam quadros depressivos enquanto outros não.

Os cientistas, cada vez mais, defendem que depressão encontra a sua origem em factores genéticos e ambientais, como o caso do stress, e neste sentido, cientistas da Universidade de Umëa, na Suécia, e da Universidade da Antuérpia, na Bélgica, apresentam os resultados de um estudo genético onde demonstram que existem várias formas de uma proteína que interfere com os níveis de serotonia no cérebro – a TPH2 – e que esta é diferente nos indivíduos afectados pela depressão e nas pessoas saudáveis.

O estudo intitulado Brain-specific tryptophan hydroxylase, TPH2, is associated with unipolar and bipolar disorder in a northern Swedish isolated population, é apresentado na actual edição, 10 de Outubro, da publicação científica Archives of General Psychiatry e os cientistas acreditam que poderá ser um novo avanço para o tratamento e controlo dos estados depressivos.

O estudo envolveu 135 pacientes com disfunção bipolar, 182 indivíduos sem qualquer ligação à doença e 364 sem a doença e que constituíram o grupo de controlo, todos oriundos do norte da Suécia. Com base na análise da TPH2 dos indivíduos em estudo, os especialistas chegaram à conclusão que a TPH2 difere de pessoa para pessoa, originando diferentes níveis de serotonina no cérebro, razão que a torna um factor de protecção hereditário da depressão em determinados indivíduos.

A serotonina é uma substância hormonal existente no organismo e tem uma grande influência na regulação dos estados de humor e da depressão sendo que, hoje em dia, uma das principais terapêuticas para fazer face à doença assenta em moléculas que vão actuar no aumento dos níveis de serotonina – os SSRI (inibidores selectivos de recaptação da serotonina).

Relativamente à TPH2, uma triptofano hidroxilase específica do cérebro, os cientistas já há muito tempo que suspeitavam que seria essencial para o combate à depressão, já que influência os níveis de serotonina. No entanto, a grande novidade do estudo agora apresentado é que vem ajudar a compreender um pouco por que certas pessoas têm mais tendência para sofrer de depressão do que outras.

De acordo com os especialistas, a tendência para que certos indivíduos possam vir a ter depressão é o facto de poderem, ou não, herdar uma TPH2 protectora da depressão, em vez da forma que os torna mais susceptíveis à doença.

«A descoberta deste factor hereditário protector, que é um de muitos, é uma peça essencial no puzzle do nosso conhecimento sobre a génese e tratamento destas doenças», referem os especialistas, de acordo com comunicado da Universidade de Umëa e adiantam que, «mais investigação e recursos económicos são necessários para que a descoberta leve a uma melhoria no tratamento e ajuda para as pessoas afectadas»."

                                         in_tvciencia
Pra identificar:
gatafunhado por gringa às 11:33
vê onde tá | diz qualquer coisa | favorito
Mexe-te - O Eu

Mexe-te - quem sou?

Mexe-te - seguir perfil

Mexe-te - prokura por aki
 
Mexe-te - Agosto 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31
Mexe-te - antiguidades

Mexe-te - Agosto 2007

Mexe-te - Janeiro 2007

Mexe-te - Dezembro 2006

Mexe-te - Outubro 2006

Mexe-te - Setembro 2006

Mexe-te - Agosto 2006

Mexe-te - Pra identificar

Mexe-te - "Tecnológiquices"

Mexe-te - A Ciência e a Vida

Mexe-te - a ciência e a vida

Mexe-te - actualidade

Mexe-te - Educação

Mexe-te - todas as tags

Mexe-te - Ligações
Mexe-te - os mais recentes

Mexe-te - Ilusão simula experiência...

Mexe-te - Terá uma seca a nível mun...

Mexe-te - Duas espécies tornam-se u...

Mexe-te - Alterações climáticas est...

Mexe-te - Golos geram golos!

Mexe-te - Florescimentos de plâncto...

Mexe-te - Tumores cerebrais atacam ...

Mexe-te - Dieta rica em leite pode ...

Mexe-te - Relatório chama a atenção...

Mexe-te - Serão as experiências de ...

Mexe-te - Um comprimido para combat...

Mexe-te - Terá a Terra semeado Vida...

Mexe-te - Ter-se-ão os Homens moder...

Mexe-te - Terá sido inevitável o su...

Mexe-te - Algodão sem toxinas pode ...

Mexe-te - Químico dá novo alento ao...

Mexe-te - Pequenos animais levitado...

Mexe-te - Aumento do oxigénio antec...

Mexe-te - Descoberta brilhante na p...

Mexe-te - Mutação pode eliminar dor

Mexe-te - Nascimentos virgens de dr...

Mexe-te - O mamífero que cheira deb...

Mexe-te - Sensores inerciais inteli...

Mexe-te - Teletransporte de informa...

Mexe-te - Programa de computador po...

Mexe-te - Telemóveis e portáteis co...

Mexe-te - OCDE: Profunda reforma no...

Mexe-te - NASA leva público a viaja...

Mexe-te - Identificado novo gene qu...

Mexe-te - Proteína hereditária que ...

Mexe-te - Mulheres precisam duas ve...

Mexe-te - Chuva em excesso pode des...

Mexe-te - Telemóveis podem ter impa...

Mexe-te - Possibilidade de existênc...

Mexe-te - Genes não codificados pod...

Mexe-te - Terapia Hormonal pós-meno...

Mexe-te - Vírus geneticamente modif...

Mexe-te - Transplante de células re...

Mexe-te - Homem moderno transporta ...

Mexe-te - Substância descoberta na ...

Mexe-te - Feixes de radiação por an...

Mexe-te - Sequenciação de ADN de Ne...

Mexe-te - Variações no genoma human...

Mexe-te - Identificada possível ori...

Mexe-te - Cancro é a segunda causa ...

Mexe-te - Neandertais e Homem Moder...

Mexe-te - Abandonar consumo de taba...

Mexe-te - Odor pode funcionar como ...

Mexe-te - Sistema nervoso de caracó...

Mexe-te - União Europeia financia v...

Mexe-te - subscrever feeds