Quinta-feira, 28 de Dezembro de 2006
Dieta rica em leite pode trazer mais gémeos
"

Uma dieta rica em leite e outros produtos lácteos pode aumentar as hipóteses de uma mulher ter gémeos, propõe um médico americano, com base num estudo de mulheres vegetarianas.

A taxa de nascimento de gémeos nos Estados Unidos subiu mais de 75% entre os anos de 1980 e 2003. Parte desta subida pode ser explicada pela utilização de tratamentos de fertilidade, que sobem o risco de nascimentos múltiplos mas nunca a sua totalidade, dizem os investigadores. Atendendo a que uma gravidez de gémeos é mais arriscada tanto para a mãe como para a criança, os cientistas estão muito interessados em saber o que pode estar por trás desta subida.

Gary Steinman do Long Island Jewish Medical Center em New Hyde Park, Nova Iorque, efectuou uma comparação simples: recolheu registos dos partos de mais de 1000 mulheres vegetarianas que não consomem qualquer tipo de produto de origem animal. Calculou que as mulheres vegetarianas tinham cerca de 5 vezes menos probabilidade de terem gémeos que as mulheres omnívoras ou vegetarianas que comem produtos lácteos. 

Steinman sugere que a diferença na taxa de produção de gémeos se resume a uma diferença na dieta das mães. Ele sugere que os alimentos resultantes de produtos animais, em particular os lácteos, podem promover a produção de uma proteína, designada factor de crescimento do tipo insulina ou IGF, nas mulheres. Este facto promove a libertação de oócitos pelos ovários, logo aumenta a probabilidade de mais do que um poder ser fecundado na mesma altura. Há um grande aumento na utilização de hormonas de crescimento nas vacas leiteiras, o que pode estar a ter impacto nesta situação.

Apesar do estudo ser preliminar, Steinman aponta para outras evidências que apoiam a sua teoria. Investigações prévias já tinham mostrado que as mulheres estritamente vegetarianas tinham níveis de IGF inferiores aos das outras mulheres. Outros estudos sugeriam que a taxa de produção de gémeos é mais elevada em países que consomem mais leite.

A hipótese é muito interessante, diz Paul Haggerty que estuda nutrição, fertilidade e doenças associadas no Rowett Research Institute de Aberdeen, Reino Unido, mas existem outras razões para o facto de as mulheres vegetarianas terem menos gémeos, salienta ele. As mulheres que bebem leite tendem a ser mais gordas ou melhor nutridas e as mulheres mais pesadas têm maior probabilidade de ter gémeos. Alternativamente, podem estar em falta certos nutrientes na dieta nas mulheres vegetarianas.

É prematuro que as mulheres comecem a alterar a sua dieta como forma de reduzir o risco de terem gémeos, diz Haggerty: "Há muitas pontas soltas ainda."

O ter gémeos é frequentemente característico de certas famílias, o que mostra que a probabilidade desta ocorrência é parcialmente determinada pelos genes. Mulheres mais velhas também têm mais probabilidade de ter gémeos, logo a subida do número de mães mais velhas, associada aos tratamentos de fertilidade, está a fazer crescer o número de gémeos.

A noção de que a dieta pode desempenhar um papel nesta questão é relativamente nova. Outros estudos já tinham dado a entender que o que comemos pode afectar a produção de gémeos. Haggerty publicou um estudo já este mês que mostra que níveis mais elevados de vitamina B e de ácido fólico aumentam a probabilidade de nascimentos múltiplos em mulheres sujeitas a fertilização in vitro, talvez devido à presença da vitamina aumentar a probabilidade de dois embriões sobreviverem.

Identificar que nutrientes são mais importantes na produção de gémeos pode ajudar a controlar o aumento dos nascimentos múltiplos. Não há nada que as mulheres possam fazer quanto à sua composição genética mas "podem fazer alguma coisa em relação à sua dieta", diz Haggarty."

                                in_simbiotica.org

Pra identificar:
gatafunhado por gringa às 12:25
vê onde tá | diz qualquer coisa | favorito
1 comentário:
De Escola de Yoga a 3 de Dezembro de 2007 às 23:41
Olá!

Visite www.yogamadora.com e conheça as nossas sugestões vegetarianas para uma excelente alimentação... bem gostosa.

SwáSthya!

argumenta o meu post

Mexe-te - O Eu

Mexe-te - quem sou?

Mexe-te - seguir perfil

Mexe-te - prokura por aki
 
Mexe-te - Agosto 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31
Mexe-te - antiguidades

Mexe-te - Agosto 2007

Mexe-te - Janeiro 2007

Mexe-te - Dezembro 2006

Mexe-te - Outubro 2006

Mexe-te - Setembro 2006

Mexe-te - Agosto 2006

Mexe-te - Pra identificar

Mexe-te - "Tecnológiquices"

Mexe-te - A Ciência e a Vida

Mexe-te - a ciência e a vida

Mexe-te - actualidade

Mexe-te - Educação

Mexe-te - todas as tags

Mexe-te - Ligações
Mexe-te - os mais recentes

Mexe-te - Ilusão simula experiência...

Mexe-te - Terá uma seca a nível mun...

Mexe-te - Duas espécies tornam-se u...

Mexe-te - Alterações climáticas est...

Mexe-te - Golos geram golos!

Mexe-te - Florescimentos de plâncto...

Mexe-te - Tumores cerebrais atacam ...

Mexe-te - Dieta rica em leite pode ...

Mexe-te - Relatório chama a atenção...

Mexe-te - Serão as experiências de ...

Mexe-te - Um comprimido para combat...

Mexe-te - Terá a Terra semeado Vida...

Mexe-te - Ter-se-ão os Homens moder...

Mexe-te - Terá sido inevitável o su...

Mexe-te - Algodão sem toxinas pode ...

Mexe-te - Químico dá novo alento ao...

Mexe-te - Pequenos animais levitado...

Mexe-te - Aumento do oxigénio antec...

Mexe-te - Descoberta brilhante na p...

Mexe-te - Mutação pode eliminar dor

Mexe-te - Nascimentos virgens de dr...

Mexe-te - O mamífero que cheira deb...

Mexe-te - Sensores inerciais inteli...

Mexe-te - Teletransporte de informa...

Mexe-te - Programa de computador po...

Mexe-te - Telemóveis e portáteis co...

Mexe-te - OCDE: Profunda reforma no...

Mexe-te - NASA leva público a viaja...

Mexe-te - Identificado novo gene qu...

Mexe-te - Proteína hereditária que ...

Mexe-te - Mulheres precisam duas ve...

Mexe-te - Chuva em excesso pode des...

Mexe-te - Telemóveis podem ter impa...

Mexe-te - Possibilidade de existênc...

Mexe-te - Genes não codificados pod...

Mexe-te - Terapia Hormonal pós-meno...

Mexe-te - Vírus geneticamente modif...

Mexe-te - Transplante de células re...

Mexe-te - Homem moderno transporta ...

Mexe-te - Substância descoberta na ...

Mexe-te - Feixes de radiação por an...

Mexe-te - Sequenciação de ADN de Ne...

Mexe-te - Variações no genoma human...

Mexe-te - Identificada possível ori...

Mexe-te - Cancro é a segunda causa ...

Mexe-te - Neandertais e Homem Moder...

Mexe-te - Abandonar consumo de taba...

Mexe-te - Odor pode funcionar como ...

Mexe-te - Sistema nervoso de caracó...

Mexe-te - União Europeia financia v...

Mexe-te - subscrever feeds