Quinta-feira, 28 de Dezembro de 2006
Alterações climáticas estão a acelerar evolução?
"

As aves alemãs estão a alterar os seus padrões de migração, os esquilos vermelhos canadianos reproduzem-se cada vez mais cedo no ano e os mosquitos de Newfoundland permanecem activos bem para além do início de Agosto.

Tradicionalmente, os cientistas têm visto estas alterações apenas como alterações comportamentais face a um ambiente em alteração, neste caso devido ao aquecimento global.

Mas agora os cientistas dizem que estas alterações vêm acrescentar mais evidências à já grande quantidade de provas que aponta para o facto de, para alguns animais, o aquecimento global está a desencadear alterações genéticas que estão a modificar os ecossistemas em que vivemos.

O efeito é mais notório nas latitudes mais elevadas, onde o clima se está a tornar mais e mais parecido com o de zonas mais a sul, dizem os investigadores.

"Ao longo dos últimos 40 anos, as espécies animais têm vindo a estender o seu território em direcção aos pólos, enquanto outras espécies migram, desenvolvem-se ou reproduzem-se mais cedo", diz William Bradshaw, geneticista evolutivo da Universidade do Oregon em Eugene.

Estas alterações não são apenas uma resposta a Verões mais quentes mas antes reflectem alterações rápidas e recentes relativamente ao clima de modo geral, argumentam Bradshaw e a sua colega Christina Holzapfel num artigo publicado na edição mais recente da revista Science.

"A ênfase nas temperaturas de Verão é pura e simplesmente errada", diz Holzapfel. "As temperaturas de meados do Verão na Florida não são assim tão diferentes das de Fairbanks, Alaska. Trata-se, isso sim, do alongamento da estação de crescimento e da altura em que ocorrem os acontecimentos sazonais."

Muitos animais utilizam as alterações do fotoperíodo como sinal para quando acasalar, migrar ou hibernar mas com o aquecimento global a tornar o Alaska cada vez mais parecido com o Mississipi, as dicas de que os animais dependiam já não estão de acordo com o clima.

Bradshaw e Holzapfel citam como exemplo a toutinegra-de-barrete-preto sylvia atricapilla, uma ave que tradicionalmente nidifica na Alemanha e de seguida migra para Espanha e Portugal.

Algumas destas aves começaram a migrar para oeste em direcção à Inglaterra, onde agora existe um clima de Inverno adequado, explicam os investigadores. Na Primavera, estas aves inglesas chegam mais depressa à Alemanha que as suas primas portuguesas e espanholas, obtendo os melhores locais de nidificação.

Para além disso, salientam Bradshaw e Holzapfel, os padrões de migração leste-oeste são instintivos, indicando que já estão embebidos nos genes das aves inglesas. A nota boa desta situação é que alguns animais serão capazes de se adaptar a alterações climáticas continuadas, ainda que muitos outros tenham consideráveis dificuldades.

"Animais de grande porte, como os ursos polares, terão muita dificuldade em adaptar-se", diz ela. "Têm um ciclo de vida longo, logo é relativamente demorado para eles o desenvolvimento de uma adaptação genética."

Ao longo do tempo, diz ela, "as comunidades ecológicas vão tornar-se completamente diferentes."

A adequação dos ciclos de vida dos organismos ao seu ambiente é essencial à sua sobrevivência, diz Steven Running, investigador florestal da Universidade do Montana em Missoula. 

O aquecimento global, diz ele, está a alterar o tempo ideal para as actividades sensíveis à temperatura, sem alterar o ciclo de horas de luz de um dado local. O resultado é um desencontro entre o clima alterado e as dicas programadas geneticamente de que os organismos dependem actualmente.

A capacidade de plantas e animais para evoluir face a estas alterações, diz Running, "pode muito bem definir quais as espécies que sairão vencedoras e quais as derrotadas na adaptação a climas em alteração rápida.""

                                        in_simbiotica.org

Pra identificar:
gatafunhado por gringa às 12:30
vê onde tá | diz qualquer coisa | favorito
Mexe-te - O Eu

Mexe-te - quem sou?

Mexe-te - seguir perfil

Mexe-te - prokura por aki
 
Mexe-te - Agosto 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31
Mexe-te - antiguidades

Mexe-te - Agosto 2007

Mexe-te - Janeiro 2007

Mexe-te - Dezembro 2006

Mexe-te - Outubro 2006

Mexe-te - Setembro 2006

Mexe-te - Agosto 2006

Mexe-te - Pra identificar

Mexe-te - "Tecnológiquices"

Mexe-te - A Ciência e a Vida

Mexe-te - a ciência e a vida

Mexe-te - actualidade

Mexe-te - Educação

Mexe-te - todas as tags

Mexe-te - Ligações
Mexe-te - os mais recentes

Mexe-te - Ilusão simula experiência...

Mexe-te - Terá uma seca a nível mun...

Mexe-te - Duas espécies tornam-se u...

Mexe-te - Alterações climáticas est...

Mexe-te - Golos geram golos!

Mexe-te - Florescimentos de plâncto...

Mexe-te - Tumores cerebrais atacam ...

Mexe-te - Dieta rica em leite pode ...

Mexe-te - Relatório chama a atenção...

Mexe-te - Serão as experiências de ...

Mexe-te - Um comprimido para combat...

Mexe-te - Terá a Terra semeado Vida...

Mexe-te - Ter-se-ão os Homens moder...

Mexe-te - Terá sido inevitável o su...

Mexe-te - Algodão sem toxinas pode ...

Mexe-te - Químico dá novo alento ao...

Mexe-te - Pequenos animais levitado...

Mexe-te - Aumento do oxigénio antec...

Mexe-te - Descoberta brilhante na p...

Mexe-te - Mutação pode eliminar dor

Mexe-te - Nascimentos virgens de dr...

Mexe-te - O mamífero que cheira deb...

Mexe-te - Sensores inerciais inteli...

Mexe-te - Teletransporte de informa...

Mexe-te - Programa de computador po...

Mexe-te - Telemóveis e portáteis co...

Mexe-te - OCDE: Profunda reforma no...

Mexe-te - NASA leva público a viaja...

Mexe-te - Identificado novo gene qu...

Mexe-te - Proteína hereditária que ...

Mexe-te - Mulheres precisam duas ve...

Mexe-te - Chuva em excesso pode des...

Mexe-te - Telemóveis podem ter impa...

Mexe-te - Possibilidade de existênc...

Mexe-te - Genes não codificados pod...

Mexe-te - Terapia Hormonal pós-meno...

Mexe-te - Vírus geneticamente modif...

Mexe-te - Transplante de células re...

Mexe-te - Homem moderno transporta ...

Mexe-te - Substância descoberta na ...

Mexe-te - Feixes de radiação por an...

Mexe-te - Sequenciação de ADN de Ne...

Mexe-te - Variações no genoma human...

Mexe-te - Identificada possível ori...

Mexe-te - Cancro é a segunda causa ...

Mexe-te - Neandertais e Homem Moder...

Mexe-te - Abandonar consumo de taba...

Mexe-te - Odor pode funcionar como ...

Mexe-te - Sistema nervoso de caracó...

Mexe-te - União Europeia financia v...

Mexe-te - subscrever feeds